Suportando Pressões

Suportando Pressões

Então aqueles que temeram ao SENHOR falaram freqüentemente um ao outro; e o SENHOR atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o SENHOR, e para os que se lembraram do seu nome. Malaquias 3:16

Desde que Adão e Eva pecaram lá no paraíso houve pressão. No princípio quando estavam com Deus, tudo acontecia na mais perfeita paz e de maneira certa. Bastou entrar o pecado e veio de brinde a pressão por fazer certo.

Parece-me que a pressão amplia a grandeza de uma circunstância. Vejamos o caso de José, pelo que fez ao final de sua vida e a grande pressão que sofreu durante muito tempo antes.

As pessoas que suportam bem à pressão alcançarão posição de destaque posteriormente à mesma.

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

Já realizei muitos encontros e roadshows pelo país. Via de regra havia um tempo escasso e condensado o qual tínhamos que aproveitar muito bem, e justamente ai estava a dimensão que o evento alcançaria, pois esta pressão e a necessidade de passar algo consistente à quem nos assistia tornava tudo diferente.

Falar algo importante numa roda de bate-papo entre amigos é uma coisa, mas falar esta frase ou idéia num momento de pressão falando a um público muito grande é outra coisa. A pressão daquele momento torna tudo muito diferente.

O que diferencia um homem bem-sucedido de qualquer outro é a capacidade que este possui de lidar com as pressões.

Nosso exemplo de suportar pressões é Jesus. Ele experimentou e suportou a maior de todas as pressões - a morte. Venceu de maneira tão poderosa e triunfou sobre ela, de maneira que hoje, quem crer Nele e receber o Espírito Santo pode fazer o mesmo.

Todos os heróis que conhecemos suportaram uma grande pressão e venceram, tornando-se exemplos. Em comum eles possuem um sistema de valores bem arraigado e fundamentado em Deus. Suas prioridades  estão bem estabelecidas.

Para ter uma idéia, existem coisas que são mais importantes do que a própria vida. João Batista não abriu mão da verdade e por isso foi decapitado. Estêvão tomou posição ao lado de Cristo e foi apedrejado. Pedro pregou com desenvoltura, não negou a Cristo após receber o Espírito Santo, e foi crucificado de cabeça para baixo.

Esaú também conhecia esta verdade, mas vendeu sua primogenitura por um prato de lentilhas. Você pode usar um princípio para o bem ou para o mal, depende de suas escolhas, de seu sistema de valores.

Algumas pessoas pensam que há coisas mais importantes do que a vida, como por exemplo: fumar um cigarro, tomar uma cerveja, ter uma noitada de sexo com alguém ou mesmo alcançar prestígio e poder. Vendem sua vida por um prato de lentilhas, como Esaú fez. O maligno é hábil em nos apresentar um prato de lentilha disfarçado de algo bonito. Acabam por desistir do casamento, de Deus e dos filhos, tudo em troca de dinheiro ou diversão.

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

O profeta Eli tinha filhos péssimos e nada fez para muda-los, a tal ponto que Deus entendeu que ele desprezava o ministério e portanto cortou esta função da sua descendência.

Jairo, por outro lado, tinha posição de destaque na sinagoga, mas deixou seu orgulho de lado para correr a Jesus e pedir por sua filha que estava doente. Para ele a filha era mais importante do que o status social.

Estes dias após o culto chegou uma irmã com suas duas filhas para falar comigo. Eram de outra igreja e foram pedir oração pelo marido e pai delas que estava doente em etapa terminal. O homem estava sofrendo terríveis dores por causa da doença.

Ela queria alongar o tempo dele aqui na terra, mas a situação de saúde dele não permitia mais. Levei-a a entender que precisava entregar seu marido a Deus para que parasse de sofrer e pudesse encontrar-se com Jesus.

Quando compreendeu oramos e entregamos ele a Deus. Imediatamente suas emoções foram transformadas e já sabia o que ocorreria com o marido e se fortaleceu no Senhor. Elas se foram e algumas horas depois recebi o recado de que ele havia partido para a eternidade.

A fé desta mulher havia se tornado mais forte e importante do que a cura do seu marido.

Há coisas que são mais importantes do que a própria vida, seja a vida terrena seja a vida eterna. Portanto, não venda seus valores por algo equivalente a um prato de comida que mata a fome somente por uma vez e por um instante somente.

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

PARA EXERCITAR

No que tenho vendido meus valores por pouca coisa?

O que posso fazer para realinhar minha vida aos valores eternos?

“Pai celestial, quero pedir perdão por todas as vezes em que me “vendi” barato nesta vida. Ajuda-me a alinhar minha vida a Ti e aos teus valores eternos, assim conquistando a vitória nesta vida e na vida vindoura. Amém!"

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

Receber e Confessar

Receber e Confessar

Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação. Romanos 10:9,10

 O texto citado remete ao que o coração crê. Mas há muita gente hipócrita por ai, que dizem uma coisa e fazem outra. Ou seja, com aboca dizem algo e com o coração crê em outra. A origem da palavra hipócrita é ator, alguém que desempenha um papel. Na antiguidade, cada vez que um ator trocava de personagem também trocava de máscara, uma espécie de disfarce para se proteger. O mesmo sentido ainda permanece hoje.

Num sentido genérico, é aquele que professa um princípio, mas age diferente do mesmo. Também pode indicar aquele que possui uma certa convicção no coração mas que declara outro com a boca.

O número dos que se dizem seguidores de Jesus mas que demonstram um comportamento inadequado é bastante alto. Crêem que devem abençoar, mas sua boca profere palavrões e maldições contra todos que estão por perto.

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

Estas pessoas creem que Cristo é seu Salvador, mas não confessa e vive de acordo com isso. Nós precisamos levar uma vida compatível com a nossa confissão em Cristo.

Estes dias aconselha um jovem casal, já com filho, vivendo juntos mas com idas e vindas no relacionamento. Eu os aconselhei que tomassem uma decisão e vivessem de acordo com isto, ou seja, casem-se, pois aquilo que confessamos torna-se um compromisso.

Não confessar seu voto é não assumir compromisso com seu cônjuge. Assim também são muitas pessoas envolvidas com seu trabalho secular que não revelam serem crentes em Jesus, pois seu mal comportamento no trabalho não lhes permite isso. Usam máscaras.

A confissão pode promover o bem ou o mal. Jefté fez um voto precipitado. Poderia ter confessado seu erro e retirado a palavra, mas preferiu seu orgulho à ter sua filha. Herodes fez o mesmo em relação a João Batista, pois entregou a cabeça dele à filha de Herodias, mesmo não desejando faze-lo.

Mas quando reconhecemos e confessamos nossa situação, alcançamos a misericórdia de Deus.

Muitos não recebem as bençãos de Deus sobre suas vidas porque se sentem inferiores ou indignos, mas a palavra diz que Deus não nega bem algum aos que andam retamente.

José tomou posse de tudo o que Deus lhe deu e prosperou. Se após crermos não o confessarmos com nossa boca e formos capazes de recebermos o que Deus tem para nós, nossa crença perde o sentido.

Quero dizer, creia em Jesus, confesse-o andando retamente e dando um bom testemunho para os de dentro e para os de fora, e então receba o que Deus lhe reservou.

O sonho não foi idéia de José, mas de Deus, e ele o recebeu com fé. O primeiro capítulo de Gênesis está escrito “Deus disse” e tudo se fez, o Espírito trouxe à existência o que Deus determinou.

O que nos dá condições de receber as bençãos do Senhor é o fato de Jesus ser digno delas ao compra-las para nós através de Seu sacrifício na cruz.

Estas riquezas de Deus estão à nossa disposição quando as recebemos pela fé, pois o receber é mediante a fé que confessamos.

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

Confie que Deus suprirá suas necessidades. Creia que Ele fará grandes coisas por você, e então receba esta bençãos do Senhor sobre sua vida.

PARA EXERCITAR

Tenho confessado a minha fé através do meu comportamento?

O que posso fazer para passar a agir de acordo com minha fé em Cristo?

“Pai celestial, perdoe-me por todas as vezes em que usei uma máscara e dei mal testemunho a alguém. Que a partir de hoje eu possa expressar minha fé através de uma confissão por atitudes e passar a receber as bençãos do Senhor sobre mim.  Amém!"

ASSISTA MAIS VÍDEOS!

Inversão - A Mudança Começa em Mim

Muito se tem falado sobre liderar e servir, inclusive tem aquele ótimo livro “Liderança Servidora”, de James C. Hunter, o qual tive o prazer de participar de uma palestra e ouvi-lo, recomendo.

Você pode ver este tipo de liderança em ação nos evangelhos, que registram a atuação de Jesus Cristo em nosso meio. É um tipo de liderança totalmente diferente da usual em que há alguém dando ordens e os outros devem apenas obedecer.

Se observarmos as empresas que dão certo, veremos que todas elas procuram servir bem ao seu cliente. Seja uma revenda de carros, seja a fábrica, uma igreja que serve, etc. Quanto mais uma organização ou alguém serve aos demais, maior se torna.

Um pai de família que cuida da sua própria casa está demonstrando esse amor e sua grandeza. Ele lidera servindo à esposa e aos filhos. Mas não confunda servir com ser escravo. Quando servimos, fazemos por liberalidade, por amor, enquanto a escravidão é involuntária.

É interessante que há um contraponto ao servir com amor, que é o querer com egoísmo. Deus desde o princípio deu do que Ele é para formar o mundo, e continuou dando mesmo quando pecamos, pois enviou Seu filho para morrer em nosso lugar, já que Ele mesmo, Deus, havia definido as leis e teria que haver remissão dos pecados com derramamento de sangue.

Bem, Ele continuou amando e enviou Seu Filho, Jesus, para morrer por nós. O grande e supremo Deus servindo por amor a nós. Agora, observe o coração do maligno, do reino de Satanás. Este sempre desejou ter o que não lhe pertencia, ou seja, quis o lugar de Deus. Isto se chama cobiça e egoísmo.

Logo, o amor é um atributo do Reino de Deus, enquanto a cobiça, do reino de Satanás. O amor deseja dar e servir, enquanto a cobiça deseja ter e receber a satisfação própria.

Foi usando este princípio que Salomão julgou a causa daquelas duas mulheres, em que uma havia perdido seu filho à noite por se deitar sobre ele. Não havia testemunhas, somente elas. A que havia perdido seu filho não se importava em que o outro fosse cortado ao meio, enquanto aquela que era a mãe verdadeira, preferia dar o filho inteiro à outra do que vê-lo morto. Sua disposição de abrir mão do filho era a sua prova de amor, e Salomão, reconhecendo isso, lhe devolveu o filho.

Invariavelmente quando nos procuram para receber orientação no casamento observamos que um dos cônjuges está insatisfeito por não ter o que deseja ou da forma que deseja. Dificilmente escuto alguém dizer que amou e não foi correspondido.

Existem tantos casais que desejam mudar um ao outro, num processo egoísta de satisfação própria, o que tem levado muitos à derrota. Mas quando há o interesse em que o outro seja bem cuidado e feliz, há a construção de uma família.

No trabalho é a mesma coisa, se aquilo que é necessário ser feito é feito, certamente o trabalhador será reconhecido pelo seu patrão, exceto por questões econômicas extraordinárias.

Certo pregador uma vez disse “Parei de praticar o que prego e agora estou pregando o que pratico”. Não importa o que sabemos ou pregamos, o que vale mesmo é o que praticamos. Estes dias disse a uma pessoa: “Olha, não adianta conhecer a bíblia toda e não colocar em prática, é preferível praticar o pouco que conhece.” A pessoa se assustou por escutar isto, mas é isto mesmo, o pouco praticado é melhor que o muito sem atitude.

O mundo hoje está cheio de conhecimento e de discurso, é como aquele político em época de eleição que promete “mundos e fundos” e após ser eleito, desaparece. Como aqueles casais apaixonados que prometem amor eterno e logo após o casamento perdem o interesse.

Não devemos andar da mesma forma, mas sim aplicar à nossa vida o exemplo maravilhoso de liderança servidora em amor de Cristo Jesus. Pratique o servir em amor e transforme sua vida.

PARA EXERCITAR

Clique aqui e assista os demais vídeos da série.

Restituição

E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gênesis 1:27

Os seres humanos possuem uma capacidade incrível para vencer obstáculos e desafios. Temos vencido desafios e superado obstáculos em diversas áreas.

Na área da saúde já soubemos sobre transplante completo de face e já fala-se até em transplante de corpo. Na área de Transporte há o registro em 1920 de uma motocicleta que atingiu a marca de 166,704 km/h, que setenta anos depois foi quebrado por incríveis 514,44 km/h.

Na área dos Esportes as marcas estão sendo quebradas nas Olimpíadas e eventos esportivos sucessivamente. Quanto à Tecnologia, muito Há que se falar, pois a comunicação já é sem fronteiras através da internet. As ligações entre as pessoas estão a cada mais fáceis.

A verdade é que as pessoas se esforçam para serem melhores. Buscam soluções para seus problemas cotidianos. Sentem um desejo de não serem mais limitados pelo físico, expandindo sua atuação e forma de agir. Querem chegar a um outro patamar. Desejam a perfeição!

O fato é que isto já era assim no passado. Vamos examinar o que Deus planejou e como estamos agindo em relação a isto.

1. Deus criou o homem (Gen 1.27)

O homem original, criado por Deus era perfeito, pois Deus o criou à Sua imagem e semelhança, portanto, eram semelhança de Deus no caráter:

Podemos imaginar Adão como um homem muito belo, alto, talvez com a pele um pouco escura devido ao sol. Devia irradiar saúde e força, talvez com ombros largos e músculos pronunciados, muito varonil.

Então Deus criou Eva, a parceira ideal, devia ser um "estouro". Comparando para àqueles que gostam de carros, seria como um carro encomendado, último tipo, com todos os acessórios necessários e desejados. Veio plenamente equipada das mãos do mestre, e devia ser muito  linda.

Deus abençoou este casal e lhes pediu que cuidassem do Jardim, só não podiam comer do fruto da árvore proibida. Parece fácil, não é?

O que ocorreu com este homem perfeito?

Pecou e foi destituído de toda vida espiritual. Este homem se tornou independente.

Passou a ser dominado pelo seu corpo e alma, pois estes falaram mais alto do que o espírito.

[AR] Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas astúcias.
[NVI] Tudo o que aprendi se resume nisto: Deus nos fez simples e direitos, mas nós complicamos tudo. Eclesiastes 7:29

O homem passou então a querer restituir sua vida à condição original. Mas isto desde o princípio foi dito por Deus de que não seria possível, pois somente Ele poderia prover a redenção deste ato e restituir o que o homem havia perdido.

Para restituir os homens utilizam sua alma. Algumas pessoas possuem uma alma forte e avançam, independente de tudo e de todos. Mas alguns possuem uma alma mais fraca, e desistem na caminhada, ou prostram-se pelo caminho.

2. Como tentamos restituir

É certo que temos dons naturais, alguns mais outros menos. Vemos alguns que vão muito bem e pensamos:

  1. Uns tentam aperfeiçoar seus dons e melhoram.
  2. Alguns desistem na caminhada porque pensam que não possuem dons naturais e se resignam a uma vida inferior àquilo que sempre desejaram.

É certo que os mais perseverantes vencem.

Outros buscam desenvolver sua capacidade de inúmeras formas:

  1. Estudam até o máximo possível, buscando conhecer tudo e se saem muito bem.
  2. Outros o fazem pensando que assim poderão agir melhor, mas nunca agem.
  3. Outro tanto desiste de estudar, pois pensam que estudo não é para eles, preferem fazer a estudar.

É certo que aqueles que conseguem dosar estudo e ação se saem muito melhor.

Outros entendem que a solução é aprenderem a se comportar:

  1. Participam de todo tipo de seminário comportamental, aprendem tudo sobre o assunto para que possam agir de maneira correta, assertiva, e chegam lá.
  2. Alguns melhoram em algumas áreas e comportamentos, mas ficam subdesenvolvidos em outras.
  3. Outros se cansam, pois seu comportamento nunca atinge aquilo que almejam e também param pelo caminho, muitas vezes repletos de hábitos, atitudes e comportamentos indesejados ou mesmo reprováveis.

É certo que aqueles que se comportam de maneira adequada obtêm muito mais nesta vida.

Você já se perguntou por que algumas pessoas conseguem aperfeiçoar uma área da sua vida e outros não, por mais que tentem e se esforcem?

3. Por que alguns não se desenvolvem?

Percebemos que aqueles que conseguem se destacar parecem não ter problemas ou amarras – parecem ser livres. Outro tanto é livre apenas em algumas áreas da sua vida. Por outro lado, aqueles que não conseguem se desenvolver na vida – parece que estão presos.

Acredito que todos já tenham visto um elefante domesticado em algum circo ou em algum documentário da televisão. Lá está o maior herbívoro do planeta, forte o suficiente para derrubar e arrancar árvores. Está preso por uma fraca corrente a um pequeno toco mal enterrado, que poderia arrancar entre uma e outra balançada da tromba. Mas não faz nada. E por quê?

Como pode este animal tão forte, quietinho, preso a uma correntinha e a um toco?

O elefante é amarrado a um toco quando ainda é bem jovem. E não gosta disto nem um pouco, ele tenta se soltar, tenta arrancar o toco, mas não consegue. Quando livre, corre e faz tudo que deseja, e quando preso a corrente só resmunga.

Com o passar do tempo, algumas poucas semanas, acostuma-se à sua corrente e ao seu toco, e nem tenta mais soltar-se. Cresce e como não tem consciência de que sua força agora é imensa, não tenta por toda a vida soltar-se.

E morre, preso a sua corrente e ao seu toco - está condicionado - está preso.

Acabei de demonstrar uma prisão física, mas há prisões emocionais e mesmo espirituais, e muitas pessoas estão nelas. Quando você tem um sentimento sobre um fato e isto não sai da sua cabeça porque lhe marcou muito, você acaba se comportando de maneira semelhante em situações parecidas - está preso.

Algumas pessoas se parecem com este caso do elefante preso ao toco. Viviam no pecado e numa vida sem Deus, presos a verdadeiras correntes. Agora estão com Jesus – o Libertador. Mas continuam agindo com se estivessem presas.

Agora não estão mais em correntes de verdade, mas a pequenos tocos que devem ser retirados.

O homem atingiu esta condição de estar preso (amarrado ao toco) através do pecado. Só podemos restituir nossa vida àquilo que Deus planejou quando saímos do pecado e quebramos todos os jugos de sobre a nossa vida.

Quem deseja nos manter  presos o resto da vida é o maligno, que condicionou a muitos, mas Jesus te libertou!

As pessoas que estão assim, sentem-se amarrados e sem condições de prosseguir na sua caminhada. Não se desenvolvem em alguma área da sua vida.

Suas finanças nunca estão bem:

i.    Não conseguem pagar suas contas.
ii.    Não conseguem poupar para o futuro.
iii.    Quando tenta resolver a questão, logo cai em mais dívidas – está preso.

Na adoração a Deus:
i.    Não entrega os dízimos e ofertas.
ii.    E quando entrega o faz resmungando e como coração cheio de pesar.
iii.    Se mantêm a fidelidade é por pouco tempo, não persevera – está preso.

Na área emocional:
i.    Trai seu cônjuge por sentimentos a uma outra pessoa.
ii.    Se arrepende e depois volta à mesma prática.
iii.    Não consegue se libertar disto – está preso.

Nos votos matrimoniais:
i.    Traem seu cônjuge através de pornografia e ou outras tantas formas.
ii.    Consumam o ato, se arrependem e depois voltam à mesma prática – está preso.

Nunca é fiel, na verdade não consegue sequer entender o que isto significa – está preso.

Nos estudos:
i.    Não entende o que é explicado.
ii.    Não consegue entender o sentido e a razão das questões que dependem de raciocínio – está preso.

No Comportamento:
i.    Pensa que é a melhor pessoa do mundo, mas mantem os seus presos numa atmosfera de medo e terror constante.
ii.    Nada pode, tudo é proibido, tudo tem que ser do jeito dele ou dela.
iii.    Precisa controlar tudo à sua volta – está preso.

Estes sintomas todos e outros mais são sinais de quem está preso.

O que a Palavra nos fala sobre isto:

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta - Hebreus 12:1

A NVI usa o termo atrapalha. Como podemos deixar tudo que nos atrapalha para prosseguirmos? Como sermos restituídos à imagem e semelhança de Deus?

4. Como ser restituído (Heb 1:3)

O maligno surgiu questionando quem tem autoridade – quis se tornar independente e arrastou o homem nisto. O fato é que quando o homem comeu do fruto proibido, ele saiu de debaixo da autoridade de Deus.

Logo, autoridade é a chave.

O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas; Hebreus 1:3

Podemos estar debaixo da autoridade de Deus numa área e fora dela em outra área – esta é a causa dos nossos males. Quando estivermos completamente restituídos, então estaremos completamente sob a autoridade de Jesus.

Portanto, está sendo travada uma luta no reino espiritual para determinar quem tem autoridade sobre você!

Paulo – antes de reconhecer a autoridade matava cristãos, mas depois de se encontrar com Jesus, reconheceu Sua autoridade e mudou completamente.

Se há alguma área em nossa vida em que não estamos obtendo vitória é porque esta área não está debaixo da autoridade de Deus.

Precisamos deixar este embaraço ou atrapalho para continuarmos a caminhada de maneira vitoriosa.

Só quem pode fazer isto é Jesus. Ele conhece a nossa vida e pode nos retirar do lugar em que nos encontramos.

Isaías 61:1 O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
2 A apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;
3 A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado.

Se a área em que você não progride é emocional, Ele diz: vou restaurar os contritos de coração, consolar os tristes.
Se você não mantém seus propósitos numa área, Ele diz: proclamo liberdade aos cativos.
Se você se sente preso e não consegue caminhar, crescer ou mesmo se desenvolver, Ele diz: abrirei a prisão e libertarei aos presos.

CONCLUSÃO

Lute contra o inimigo certo!

Num certo documentário foi falado sobre a participação feminina na II Guerra Mundial. Um dia houve um terrível engano. Um avião de transporte de combustível pilotado por uma mulher foi derrubado pelo próprio exército, que não a reconheceu. Isto foi tão ridículo e vergonhoso que encobriram o fato por 30 anos.

Talvez você estejam lutando contra as pessoas que ama pensando que são teus inimigos. Quem sabe você esteja lutando contra você mesmo.

Mas você precisa lutar contra o verdadeiro inimigo – aquele que deseja autoridade sobre você e te mantêm preso ao toco (elefante).

Deus quer levantar um povo totalmente Seu, plenamente restituído ao Seu plano original. A palavra diz que Jesus vai dar:

Portanto, quem está preso deve clamar a Jesus – o Libertador. Deve se tornar dependente de Deus – não é uma opção, mas uma condição para a salvação.

Quem está livre deve se aperfeiçoar, pois nada o prende - Faça a obra do Senhor.

Agora que você foi liberto, você precisa mudar os teus hábitos:

DIGA: eu sou uma nova criatura em Cristo Jesus!!!

A Síndrome do Rabo de Pavão

Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei”. (Hebreus 13:5)

O pavão, conhecido por sua longa cauda verde e azul em forma de leque, sempre chamou a atenção por ter um dos cortejos mais bonitos do reino das aves. Uma cauda com muitos olhos, longa e colorida demonstra que o pavão está saudável e forte.

Nossa sociedade, competitiva como é, alimenta-se da síndrome do rabo de pavão. Observamos isto quando uma pessoa quer mostrar à outra que possui bens mais bonitos do que ele. Vemos instaurado um culto ao belo e para alcançar este padrão vale tudo.

Tudo é feito para se mostrar superior ao outro, para se exibir mais para a sociedade. Assim, obterão mais respeito e valor das pessoas. Dia destes, Telma e eu fomos visitar uma irmã da nossa igreja que havia ganhado um bebê.

Pois bem, ela é advogada e precisou ir ao fórum realizar certa atividade. Com uma bebê pequena em casa, acabou saindo rapidamente. Ao chegar ao fórum, o recepcionista lhe perguntou se já possuía cadastro, ela disse que sim e lhe passou o número da identidade. Ele não encontrou o registro e então ela pegou sua carteira da OAB para que fizesse o cadastro. Ao perceber que era uma advogada, o atendente ficou preocupado por não estar dando-lhe o tratamento adequado. Ele não conseguiu identificar sua posição porque ao sair apressadamente de casa, ela não se vestiu como de costume.

O mesmo já ouvi de muitas pessoas que, por alguma razão, estavam bem vestidas e foram melhor atendidas nos lugares em que foram. Isto já deve ter ocorrido com você também.

Esta situação é tão forte em nossa sociedade, que a grande maioria das pessoas procura seguir os padrões financeiros dos outros ou do grupo social a que pertencem.

Se a família tem condições de manter este padrão, tudo bem, mas se não tem, acaba entrando numa ciranda financeira para que possa impressionar os que estão ao seu redor e assim sentir-se aceito, amado e respeitado, o que na maioria das vezes compromete o orçamento doméstico.

Este comportamento, de querer ter sempre mais em vez de querer ser alguém, é o mesmo comportamento que Lúcifer teve nos céus e vemos isto muito claro nas escrituras quando ele tentou a Jesus.

Satanás diz claramente que todos os reinos da terra são dele, ou seja, que ele possui poder e autoridade, e que estava disposto a entregar tudo a Jesus, bastava adorá-lo.

Muita gente tem se perdido nestes dias ao ver o rabo do pavão, e tem se deixado levar pelos padrões da sociedade e entregado sua alma, seus filhos, casamento e tudo o mais para um destino terrível.

Outro dia minha esposa viu na rua um carro da marca Jaguar e nossos meninos estavam juntos com ela no carro. Ficaram intrigados em saber onde uma pessoa que possui um carro tão caro vive e, movidos por sua curiosidade, resolveram ir atrás para tentar ver sua casa.

Como ia na mesma direção deles foram atrás e logo o carro entrou na garagem de uma casa simples, que nada tinha de especial. Aquele homem tinha um ótimo carro e uma casa muitíssimo mais barata e simples que seu carro.

É disto que estamos falando, quando é melhor mostrar aos outros que se está bem em vez de viver bem. Não creio que pessoas deste tipo tenham paz em seus corações, pois nunca estarão saciadas. Sempre será preciso encontrar algo a mais e conquistar mais um pouco.

Precisamos voltar à essência, o que passa por simplesmente estarmos contentes com aquilo que temos e parar de consumir tudo e de tudo.

PARA EXERCITAR COM SEU CÔNJUGE

“Pai celestial, te louvo pelo que me tem dado. Sei que o Senhor jamais irá deixar o justo perecer, portanto, me ensina a andar conforme Tua palavra de vida, que me satisfaz em todos os aspectos. Que meu viver e proceder possam ser de acordo com Teus padrões de fé. Te peço, prospera-me em justiça. Amém!"

Luis Antonio Luize

Alimentar-se com a Palavra

Estes dias via um programa de televisão sobre culinária. Um grande chefe de cozinha  ensinando a fazer um belo prato.

O prato ficou muito apetitoso, em parte porque eu estava com fome e em parte porque era bonito mesmo.

Então me coloquei a pensar sobre alimentar-se com a Palavra de Deus e entendi que é algo semelhante ao que assisti na televisão.

Muitas pessoas pensam que ouvir ou ler um grande pregador vai lhes alimentar. Ora, que engano este, pois da mesma forma que apenas assisti o programa e nada comi, sequer fui para a cozinha preparar o prato naquele dia.

Assim também fazem muitos quando vão à igreja. Ouvem, anotam,mas não fazem nada além disto. Nunca aprenderão a fazer o prato, ou melhor, nunca poderão exercitar a fé naquele ensino.

Nós precisamos não somente ouvir e escrever a Palavra, mas mastigá-la, assimilá-la à nossa vida. Se eu tivesse ido para a cozinha naquele dia ou nos dias seguintes, certamente ainda saberia fazer o prato, mas agora, me lembro de maneira tão distante da imagem final do mesmo, que desperdício.

Se colocamos em prática a Palavra ouvida ou lida o mais rápido possível, esta fará com que nossa vida se amolde à vontade de Deus.

Por outro lado, se não a praticamos, somente servirá para agravar a condenação de nossa alma.

Não morra de inanição!

Escreva, leia, ouça e pratique a Palavra de Deus, assim você vai se alimentar e se fortalecer espiritualmente.

Firmado na Rocha

Isaías 28:16 Portanto, assim diz o SENHOR Deus: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, pedra já provada, pedra preciosa, angular solidamente assentada; aquele que crer não foge. (Versão Revista e Atualizada)

Versão NTLH: pedra principal do alicerce

Versão Atualizada e Fiel: pedra preciosa de esquina

Versão NVI: preciosa pedra angular para alicerce seguro

Naturalmente este texto fala a respeito de Cristo e não de Pedro conforme creem algumas igrejas.

O que é pedra angular, de esquina? É um ALICERCE. Algo aonde se apoia uma construção.

Os pilares ou colunas ficam sobre o alicerce.

GREGOS

Muitas das construções gregas estão ainda estão em pé. Possuem colunas altíssimas e, portanto devem estar firmadas em algo bastante sólido, além de serem também firmes.

Passei alguns meses em Belo Horizonte, e por todo lado que se olha tem minério. Eles literalmente constroem suas casas sobre minério de ferro. Rocha para lá de sólida. Isto me chamou muito a atenção.

CONSTRUÇÕES ATUAIS

Dependem muito do terreno para definir o tipo de fundação ou alicerce a ser usado. Se for uma região que sofre com terremotos ou furacões, então haverá preocupações adicionais para evita-las.

Tem países que constroem pensando em furacões ou terremoto, como Japão, Chile, Taiwan e outros tantos. Soube de um caso peculiar de uma casa em Taiwan que se deslocou mais de 100 metros após um terremoto e ficou quase intacta. Seus alicerces é que permitiram isto.

ALICERCE ERRADO

Um alicerce errado pode derrubar a casa dependendo de como é feita. Lembremo-nos de vários casos no Brasil, como os Edifícios Palace I e II no RJ, um outro em Guaratuba no PR, e outros tantos que vocês devem se lembrar. Problemas no alicerce ou nas colunas derrubam uma construção.

E se os alicerces estiverem comprometidos será bastante difícil trocá-lo, talvez impossível. Se for feito pode ser muito custoso, caro e pode trazer dissabores aos proprietários.

Por outro lado, dependendo de como são os alicerces a casa pode até ser transportada.

Isto ocorre em alguns países.

Na foto abaixo o casal ganhou a casa desde que conseguissem retirar do terreno em que estava, pois iriam construir um grande empreendimento no local. Eu morei numa casa que mudou de lugar. Morava numa cidade do interior do Paraná chamada Campo Mourão. Meu pai alugava uma casa que ficava na parte da frente de um terreno bem grande.

Certo dia o dono do terreno desejou construir um empreendimento comercial na frente e lucrar com seu aluguel, mas a nossa casa estava na área em que se ergueria a construção. O construtor então chamou uma equipe especializada que transportou a casa uns 20 a 30 metros para o fundo do terreno. Foi bem interessante, colocaram macacos hidráulicos nos pontos de apoio da casa, levantaram e retiraram os alicerces e depois abaixaram sobre troncos roliços. A cada dia puxavam um pouco, e assim, mudei de lugar todo dia durante uns 40 dias, com a gente morando na casa. Como eu era criança para mim foi um divertimento, não sei se para os adultos foi tão legal assim.

QUAL É A CASA?

Mas a pergunta que fica é: Qual é a casa?

Você é a casa! A Palavra de Deus nos diz que somos casa espiritual, um templo espiritual.

QUAIS SÃO OS ALICERCES DESTA CASA?

Os alicerces podem ser Malignos. Satanás se apoia sobre colunas de maldade e constrói principados sobre gerações inteiras de famílias. Vemos quantas casas espirituais que estão completamente abaladas e desestruturadas.

Os alicerces podem ser Divinos. Deus Pai apresenta Jesus - Deus Filho – como o alicerce experimentado e precioso, a pedra de esquina, angular. Quem se apoia sobre Ele jamais será confundido ou abalado.

Sobre estes alicerces construímos as colunas de nossas vidas e colocamos as paredes da nossa casa espiritual.

QUAIS SÃO AS COLUNAS?

Seu padrão de vida, seus valores, sua forma de pensar e agir são as colunas da sua casa.

Alguns nasceram em lar cristão, e deveriam possuir bons valores e costumes, mas nem sempre é verdade, pois podem simplesmente não ter aceitado o ensino de seus pais, lideres, pastores e anciãos experientes.

Outros vieram do mundo, e podem ou não possuir valores deturpados. Sei de muitos que estão no mundo e possuem bons valores, colunas boas, mas sem qualquer tipo de alicerce espiritual que os conduza para a vida eterna.

O fato é que nossas colunas podem não ter sido feitas corretamente, e por diversos motivos.

E, finalmente, após tudo isto nos tornamos no que somos hoje, com nosso conjunto de valores, costumes e atitudes.

COMO DEUS AGE EM NÓS

Fomos gerados em pecado devido a Adão, alguns gerados mesmo durante um ato pecaminoso, como fruto de pecado, outros de maneira correta, mas de qualquer forma, ainda sem salvação.

Um dia aceitamos Jesus e então entramos em reforma espiritual. Nosso alicerce é trocado por um alicerce divino e passamos a ser inspecionados por Deus, que verifica a casa toda e deseja reformar para termos uma casa nova, inabalável e eterna.

Algumas destas casas de tão ruins precisam ser colocadas totalmente abaixo e refeitas. Em todas ele troca o alicerce para JESUS A PEDRA DE ESQUINA, PROVADA E EXPERIMENTADA.

Sua casa está preparada para uma troca de alicerce? Ou você já trocou o alicerce para Jesus? Quem é que conduz a sua casa?

Então ele passa a examinar a casa toda. Nossas colunas são visitadas pelo construtor e inspecionadas. São Colunas fortes ou fracas? Suportam a provação ou não?

Um bom construtor inspeciona a obra toda para garantir que esteja firme.

Não fique pensando que suas lutas é por que: O diabo está contra você ou Deus te desaprovou ou rejeitou

É arrumação de Deus na tua vida / casa.

DEIXA ELE TE REEDIFICAR E REEDUCAR.

COLUNAS SENDO VISITADAS

CONCLUSÃO

Precisamos no voltar para o Senhor, o Deus Vivo. Precisamos mudar nosso modo de agir de mundano para santo.

Deus está ansioso para nos conceder tudo que necessitamos e desejamos. Se você já aceitou Jesus, então já possui um novo alicerce, mas as colunas precisam ser trocadas por colunas santas, e, enquanto isto não ocorrer, você poderá ter luta numa área da sua vida.

VISÃO

Quando preparava esta mensagem o Senhor me deu uma visão de um caminho e uma pessoa à beira, saindo do caminho de Deus e por isto tendo dificuldades na vida, sofrendo. Então o Espírito Santo me disse: estão em dificuldades / luta, pois precisam voltar ao caminho, mudar as colunas da sua vida. Sofrem, pois não permitem que Eu opere e reconstrua suas casas.

Isaías 30:21 diz: Se vocês se desviarem do caminho, indo para a direita ou para a esquerda, ouvirão a voz dele atrás de vocês, dizendo: "O caminho certo é este; andem nele”.

Jacó errou e passou sua herança ruim para os filhos, mas ao final da vida havia aprendido. José escutou o pai e mudou seu caminho, por isto prosperou, mas os demais filhos foram rebeldes e sofreram, assim como seus descendentes.

Mas Jesus veio para nos libertar de toda herança pecaminosa, em Hebreus 8:12 nós lemos: Pois eu perdoarei os seus pecados e nunca mais lembrarei das suas maldades / iniquidades.

Por que Ele faz isto? Porque nos ama e deseja nos reedificar unicamente Nele.

Volte-se para o Senhor agora mesmo.

Quebre estas tendências da tua vida, tais como: Imoralidade, bancarrota, infidelidade, ódio, desentendimento, mentira, trapaça, tristeza, solidão, amargura, inferioridade, medo, pânico, depressão, pesadelo, ciúmes, ansiedade, nervosismo, idolatria, agressividade, furto, vicio, rebeldia, malicia, homossexualismo, lesbianismo, pornografia, problemas, no casamento, ganancia, retenção do dízimo, consumismo, e tantas outras.

Hoje Jesus quer trocar alguns alicerces da tua casa espiritual, do templo do Senhor que é você.

Te convido a fazer esta oração:

Senhor Jesus, primeiramente quero declarar que desejo que a minha casa espiritual esteja firmada na rocha que és tú.

Te aceito como meu único e suficiente salvador e entrego todas as áreas da minha vida ao teu senhorio, para que reine como príncipe sobre a minha vida, pois confio que tens o melhor para mim e para aqueles que amo.

Assim, levanto a minha voz para que todo o reino físico e espiritual possa ouvir, que rejeito todo o principado maligno de sobre a minha vida e estabeleço Jesus como meu Senhor.

Peço que mude todas as minhas tendências e heranças que não são agradáveis a ti, tais como: Imoralidade, bancarrota, infidelidade, ódio, desentendimento, mentira, trapaça, tristeza, solidão, amargura, inferioridade, medo, pânico, depressão, pesadelo, ciúmes, ansiedade, nervosismo, idolatria, agressividade, furto, vicio, rebeldia, malicia, homossexualismo, lesbianismo, pornografia, problemas, no casamento, ganancia, retenção do dízimo, consumismo e os demais que o Senhor identifica em mim.

Me reconduz aos teus caminhos, pois ouço a tua voz e obedeço ao teu chamado.

Senhor Jesus, que minha vida possa agradar unicamente a ti e assim poder te adorar por toda a eternidade. Amém.

Bodas de Prata

Na última terça-feira completei vinte e cinco anos de fiel matrimônio. Para comemorar resolvi escrever um texto para minha esposa contando sobre como nos conhecemos. Durante a cerimônia pedi a um irmão que fizesse a leitura enquanto podia olhar para ela e observar sua surpresa. Foi ótimo, a igreja toda foi edificada e eu igualmente.

Leiam o texto abaixo... e vejam o vídeo aqui.

Telma, neste 21 de junho de 2011 comemoramos vinte e cinco anos de feliz matrimônio -  bodas de prata. Olhava para casais com estas alianças que contêm ouro branco e sempre imaginei que eram muito bem sucedidos, davam-se muito bem e eram felizes.

Agora que chego nesta data, entendo o que ela significa e vejo que estava certo. Bodas de prata é a conquista de um casal que leva a sério a Aliança Matrimonial citada pelo pastor no momento do casamento. Pois naquele momento o pastor pronuncia os votos "Promete amá-la, honrá-la, consolá-la e protegê-la na enfermidade ou na saúde, na prosperidade ou na adversidade, e manter-se fiel a ela enquanto os dois viverem?".

Para mim, estes votos pareciam simples, mas ao longo destes 25 anos de casamento entendo perfeitamente a importância dos mesmos. Saúde e Prosperidade parece ser mais suave e amoroso, mas é na enfermidade e na adversidade que o verdadeiro amor aparece, e hoje compreendo todo seu amor e cuidado para comigo.

Este amor é fruto de duas histórias, duas vidas e uma única e abençoada visão. Não tenho como não lembrar de nosso início.

Luis Antonio era um menino quieto e tímido, mas observador. Aos 12 anos foi vocacionado a cuidar da Casa de Deus, mas queria uma família abençoada, e isto não seria possível na igreja em que estava. Então decidiu guardar o seu coração apenas para uma pessoa especial, assim não se machucaria - pensou ele. É verdade que conheceu algumas moças simpáticas  e outras bonitas, mas nenhuma lhe despertava o interesse de entregar o coração. Ao mesmo tempo em que desejava relacionar-se com elas, tinha convicção de que não entregaria o coração para nenhuma delas, e por isto se guardou.

Certo dia chegou ao trabalho logo cedo e sentiu um vazio dentro de seu peito, algo diferente que nunca havia sentido antes. Então percebeu que estava sozinho, algo que nunca o incomodara, mas que neste momento passava a ter importância, percebeu então que havia chegado o momento de ter alguém especial para compartilhar sua vida.

Toda noite voltava de ônibus para casa após o estudo, cursava o segundo grau técnico em eletrônica no CEFET, e seu colega lhe falava da sua namorada, e como esta rechaçava todas as suas investidas, algo incomum nestes tempos. Isto lhee chamava a atenção e dizia a Deus que desejava uma mulher com este mesmo caráter.

Telma sempre foi uma moça sorridente e alegre. Desde seus nove anos orava a Deus para que cuidasse de seu futuro esposo. Pedia a Deus todo tipo de cuidados para com ele, além é claro de colocar uma lista de exigências. Desejou edificar uma família segundo o coração de Deus e por isto sempre se guardou e a nenhum rapaz entregou seu coração. Seu namorado na época conhecia o Luis Antonio, pois estudavam juntos, e comentava dele para a Telma. Seu namoro já não estava tão bem e um dia estavam numa lanchonete na rua XV.

Chamou a atenção da Telma certo rapaz que caminhava pela calçada, notava algo diferente nele.

- Aquele lá é o meu colega que te falo sempre. Disse seu namorado.

- Qual? Perguntou ela com os olhos fitos naquele rapaz.

- Aquele com uma jaqueta marrom. Disse ele.

- Aquele assim e assim?

- É, este mesmo! Ele disse. Era o mesmo rapaz que ela olhava caminhando na calçada.

Um dia, já decepcionada com os rapazes que conhecia orou a Deus novamente, pois desejou compartilhar sua vida com alguém que pudesse fazê-la feliz e realizarem juntos seus sonhos.

Na formatura do CEFET o colega pede ao Luis Antonio o seu convite da festa para poder levar um convidado e vai buscar o convite com sua namorada. Quando Luis Antonio viu a Telma pela primeira vez seu coração disparou, quando seu cheiro chegou às suas narinas foi como se o tempo tivesse parado e uma convicção brotou no seu coração.

Disse para si mesmo: - Esta moça é maravilhosa! Certamente eu ficaria com ela até o fim da minha vida.

Mas infelizmente estava namorando e seu colega ainda. Sentiu por não tê-la conhecido antes.

Quem diria,  um dia aquele mesmo colega comum liga para o Luis Antonio e diz: - Quero te convidar para o meu casamento!

Luis Antonio deveria ter ficado alegre, mas ficou aflito imediatamente. - Quem será a sua noiva? - pensou ele. Mil pensamentos passavam pela sua cabeça. Não poderia ser a Telma, a única moça que havia despertado nele algo diferente e uma vontade de estar com ela para sempre. Seu mundo ruiu ao ouvir aquele convite, um misto de alegria pelo colega e profunda impotência lhe invadiu o coração. Por que não revelei meus sentimentos a tempo? Com muito cuidado para não revelar sua frustração, pergunta: - Quem é a noiva?

- Fulana de Tal. Diz seu colega.

- Fulana de Tal?  Diz Luis Antonio explodindo de alegria.

Sem poder se conter pergunta: - E a Telma?

- Acabamos faz algum tempo. Diz seu colega de maneira triste.

Neste momento Luis Antonio não podia mais conter a sua alegria, seu colega iria casar e não era com a Telma. Deus realmente é muito bom para comigo. Pensou Luis Antonio.

Imediatamente sua timidez se foi, não iria perder mais nenhuma oportunidade de poder se relacionar com a Telma, e disparou:

- Colega, você tem o telefone da Telma?

- Ah! Então você estava de olho nela? Disse seu colega surpreso.

- Sempre a achei bonita e atraente, mas nunca fiz absolutamente nada e devido a sermos colegas respeitei o namoro de vocês. Mas agora você vai casar com outra, não me leve a mal. Disse Luis Antonio.

Por fim acabamos indo juntos ao casamento do colega, e claro, não poderia mais perder nenhuma oportunidade, uma moça especial como esta Luis Antonio não encontraria jamais. Após o casamento outro colega deu uma mãozinha, os convidou para jantar juntos e simplesmente não foi. Que colega batuta este, ficou somente Telma e Luis Antonio naquele primeiro jantar.

Passamos todo o jantar conversando e Luis Antonio juntando todas as forças e coragem dentro de si para ao final disparar a queima roupa: - Quer namorar comigo?

Ela ignorando completamente que Luis Antonio estava suando frio diz que precisava falar com seu pai antes pois haviam algumas situações a resolver com ele antes.

Finalmente ela disse sim e o coração do Luis Antonio se encheu de alegria. Nunca havia estado tão feliz em toda a sua vida. Veio o noivado, depois o casamento e  a chegada dos amados filhos.

Há poucos dias quando fomos comprar as novas alianças, aquela que contem ouro branco, nos demos conta de que o local em que era aquela lanchonete na Rua XV hoje é uma joalheria e estávamos justamente lá finalizando a aquisição da aliança.

De tantas joalherias que existem na cidade acabamos escolhendo bem aquela.

Telma, de tantas pessoas que existem, escolhemos um ao outro, e quero te dizer que aquele mesmo frescor e alegria por estar com você se mantem no meu coração. Muito tempo se passou, assim como muitos acontecimentos, mas meu amor por você permanece.

Telma, quer casar comigo de novo?

Pentecostes - Atos 2

At 2:1-4

Estes versículos marcam o início da Igreja do Senhor Jesus na terra. Mas, mais do que isto, significa derramar do entendimento divino sobre a criatura. Os apóstolos e discípulos até este momento ainda não entendiam muito bem o que Deus desejava fazer, tanto que dez dias antes quando Jesus estava para subir aos céus lhe perguntam sobre a restauração do reino de Israel.

O homem por sua natureza não consegue compreender as questões divinas, estas lhe parecem muito elevadas e distantes. Deus na sua infinita sabedoria sabe disto, e então lhe aprouve derramar poder e discernimento sobre seu povo.

Sem este derramamento de poder não haveria o que hoje conhecemos como Igreja, seja porque os apóstolos não saberiam o que fazer, seja porque lhes faltaria a impetuosidade advinda da transformação do temperamento humano numa confiança desmedida em Deus e naquilo que Ele deseja fazer.

Ainda hoje é assim! Não pense que porque estamos no século XXI não há derramamento de poder. Engana-se quem pensa assim. Ao recebermos o poder do Espírito Santo sobre nossas ocorre uma transformação. A sua atuação em nós se dá guiando, santificando e consolando.

Lembro-me do dia em que aceitei Jesus. Eu já estava conversando com o E.S. mas no entanto relutava em aceitar seu comissionamento sobre minha vida, pois da mesma forma que Gideão precisava provar a Deus para ter convicção do seu chamado, eu sabia do que haveria de acontecer à frente na minha caminhada cristã e precisava de uma experiência única e marcante na minha vida que ficasse como sinal do mover de Deus.

Quando em espírito eu disse:"Eu aceito Jesus!", neste momento minha visão espiritual se abriu, e neste momento tive uma visão celestial. Vi o céu se abrindo e Cristo na cruz no Gólgota. Esta visão me assustou a princípio, mas Ele olhou diretamente em meus olhos e neste exato momento Ele morreu. Isto me deixou perplexo, e até hoje quando falo disto me emociono. Neste momento o céu se fechou, nuvens pesadas, tremores de terra, relâmpagos e muito destes relâmpagos traspassavam Jesus. Então um destes relâmpagos veio na minha direção e tentei desviar mas não foi possível, fiz o que pude, mas veio diretamente sobre minha cabeça e entrou diretamente na minha testa.

Foi algo indescritível! Fui inundado de uma alegria maravilhosa e a presença de Deus podia ser sentida com facilidade. Não conseguia mais ficar em pé, meus joelhos tremiam. Não conseguia sequer falar, sentia todo meu corpo vivo como nunca tinha sentido antes.

Passei exatos três dias num estado que chamo "estado de graça". É difícil expressar, mas é como se estivesse em espírito no alto com Cristo, nos céus, isto mesmo, e com os olhos abertos. Via e escutava tudo aqui normalmente, mas meu raciocínio era muitas vezes mais rápido do que o normal, o que as pessoas falavam parecia que era em camera lenta. Então, ao ter que responder a alguém sentia perfeitamente que meu espírito precisava voltar aqui para a terra para responder à pessoa, e então voltar para junto de Jesus.

É simplesmente fantástico!!!

Este poder aperfeiçoa minha vida a cada momento e este mesmo Espírito Santo deseja inundar a tua vida de maneira que possa viver extraordinariamente.

Uma questão antiga

Jó 2:10 ... receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal?

José tem dezessete anos e está lutando com uma questão que os teólogos tem se esforçado a muitos séculos. Mas para ele o problema não é acadêmico, mas real. Ele está tentando entender porque sua mãe teve que enfrentar uma cirurgia cerebral.

Ele perguntou: "Por que pessoas boas sofrem, Mãe?".

Ela lhe disse, "O sofrimento é parte da vida num mundo amaldiçoado pelo pecado, e pessoas boas sofrem como qualquer outra pessoa. Este é o motivo pelo qual estou feliz por ter Jesus. Se eu morrer, eu irei para um bom lugar e estarei esperando pelo dia em que poderei te ver novamente". Ela lhe disse que entendia sua frustração, mas também para não colocar a culpa em Deus.

Se você e eu temos lutado pelo sofrimento das pessoas boas, nós podemos colocar esta questão antes de Deus, argumentar com ele se pudermos e lutar contra nossas dúvidas, mas não colocar a culpa Nele.

Deus não explicou a Jó o que Ele estava fazendo mas disse que estava confiante em fazer o que era correto (Jó 38-42). Ele nos assegura na Sua Palavra de que Jesus sofreu em nosso lugar, resurgiu dos mortos e está nos preparando um lugar livre de sofrimentos.

Estas não são as respostas que queremos, mas são as respostas que nos ajudam a viver com esta antiga questão não respondida do sofrimento.

Algumas vezes nos sobrevem a escuridão para nos ensinar a andar na luz de Deus.